Jejum do arroz  

Há uns bons anos atrás integrei uma comunidade de desenvolvimento pessoal e espiritual. O seu nome guardo na Alma como um Selo de Luz. Tinha terminado a licenciatura e estava cansada de tanta ciência e técnica, teoria e racionalidade. Faltava mesmo qualquer coisa que desse profundidade a tudo o que tinha aprendido.

Surge na minha vida, um grupo muito especial que movimenta e transforma por completo a noção que tinha de terapia, tratamento e cura. Ensinamentos que nos chegam, tantas vezes, por herança ou retorno daquilo que andámos a fazer outrora, quem sabe noutras vidas. Iniciei assim, um périplo magnífico.

Foi então que experimentei pela primeira vez jejuar. E a partir daí apaixonei-me por todo o processo que implica esta aventura e todos os ganhos secundários que daí advêm.  

 

Jejuar significa ficar privado de comida ou em abstinência de toda a espécie de alimento durante um certo período de tempo. Que reduz as refeições a uma por dia ou a um determinado tipo de alimento a todas as refeições.

Já vivi muitos e variados jejuns ao longo deste tempo de descoberta espiritual. Fazem parte de mim. Todos os anos embarco nesta aventura altamente reveladora, ora na Primavera ora no Outono. Remete-me para o essencial.

Explico-vos em seguida que tipo de jejum passou a ser o meu preferido e o qual considero mais completo a todos os níveis. Já perdi a conta das vezes que o realizei.

Contextualizo-vos…

Hipócrates, hoje considerado pai da medicina, tratava os seus doentes através da seguinte recomendação:

 

Comer ao longo de 10 dias, exclusivamente, cevada integral em grão bem cozinhada, juntamente com sopa ou caldo de vegetais frescos. Caso os sintomas não melhorassem (o que era raro), prescrevia chá de plantas. Se mesmo assim não existissem melhoras, recorria então á cirurgia. O seu método terapêutico consistia na máxima ilustre “Que o vosso alimento seja o vosso medicamento e que o vosso medicamento seja o vosso alimento”. Hipócrates acreditava no poder da alimentação.

Quando entro na macrobiótica e deparo-me com a Dieta nº7 de George Ohsawa, foi irresistível. Sabia que tinha de experimentar este jejum e conhecer bem de perto todos os seus benefícios. Este filósofo da natureza, pai da macrobiótica era um génio e o arroz integral, o alimento mais curador que existe.

Na realidade trata-se de uma dieta muito simples que consiste em jejuar durante 10 dias, um alimento em exclusivo a todas as refeições. Dez dias, porque neste espaço-tempo a qualidade do nosso sangue renova-se. E o alimento, só poderia ser o Arroz Integral.

 

Jejuar possibilita um encontro com a Alma, o acesso a uma dialética mais profunda. Podemos falar de terapia e de medicina, enquanto entramos neste mundo onde o jejum eleva a nossa saúde e nos oferece a chance de Renascer.

 

Jejum conectado à oração, meditação ou a um mantra é a Apoteose!​​

 

Podem mesmo surgir revelações, insights úteis e importantes ao nosso desenvolvimento pessoal e espiritual. 

Os nossos corpos: físico, mental, emocional e espiritual envolvem-se finalmente num só. 

 

E este é o desafio que preparei para ti.

Convido-te a passares por esta experiência transformadora comigo, lado a lado.

A mente clarifica-se, o corpo reconhece-nos, a emoção tranquiliza-se e o espirito reconeta-se.

 

E para que tudo se desenrole em harmonia e amparo, desenvolvi todo um programa a pensar em ti e nesta aventura do Ser.

 

Inclui:

> Introdução á Dieta nº6 e nº7 de G. Ohsawa adaptada por mim para ti.

> Procedimento, receitas e dicas imperiais para que esta aventura resulte coroada de êxito e sucesso.

> Sessões de apoio psicológico e acompanhamento em grupo*, realizadas por conferência on-line, diariamente nos primeiros 2 dias, 5º, 8º, e a culminar no 10ºdia.

> Grupo de partilha (vagas limitadas) sob minha orientação, apoio psicológico e acompanhamento, enquanto macrobiótica e praticante experiente deste jejum.

 

Abraço Violeta

 

Instagram @macroproject

  • Black Pinterest Icon
  • Black Facebook Icon
  • Instagram Social Icon
NEWSLETTER

©2018 by Eunice Van Uden. Proudly created by JL & Company